CooperActiva, para fazer acontecer!

Acreditamos na Cooperação Activa para mais efectivamente alcançarmos o objetivo do Projeto: transformar a dependência de caridade em autossuficiência. 

Assim, convido todos a partilharem ideias e soluções que possam ajudar as pessoas que vivem em situações de vulnerabilidade a terem uma vida melhor. Vamos criar aqui um agregador de boas práticas, soluções, manuais, formações, centro de ajuda e outros projetos idóneos e que trabalhem numa base sustentável.

Vamos juntar TODOS, através da Cooperação Activa com foco no mais importante: as PESSOAS! Contamos convosco? 

copos de barro 1
copos de plástico
matir%20cup%20tea%20or%20coffee_edited
kulhads_edited

"CLAY CUPS" - Faz Acontecer!

 

Numa viagem à Índia há 2 anos, fomos confrontados com um elemento simples, inovador, uma ideia que faz parte de uma enorme revolução que este país está a fazer para limpar as suas cidades, tornando o país mais verde e sustentável.

 

Os "Clay Cups" ou COPOS de BARRO são descartáveis e servem para substituir TODOS os copos de plástico em todos os quiosques e cafés. Acreditamos que podem promover várias vantagens:

1 - Empregabilidade / Criação de postos de trabalho;

2 - Ao nível do meio ambiente;

 

3 - Inovação Social »  Um projeto pioneiro em Portugal. Quando esta ideia for testada acreditamos que rapidamente poderá ser replicada por todo o país e conseguiremos mesmo, através do sucesso no exemplo, exportar.

4 - Outras entidades públicas locais poderão, em coordenação com Projetos e Associações locais, que trabalhem os ODS, formar e empregar pessoas para a produção dos mesmos;

 

5- Modelo de Negócio sustentável e que potencia parcerias com marcas de café, por exemplo;

 

O objetivo máximo é a formação e empregabilidade de pessoas em situação de pobreza, vulnerabilidade e exclusão social, com a preocupação da sustentabilidade e ambiente. 

CAFÉ PARTILHADO - Faz Acontecer!

Já deve ter ouvido falar dos "Cafés Partilhados ou Suspensos", não?

Foi uma iniciativa que surgiu em Nápoles em Itália, há alguns anos, e que se chamava "Caffe Sospeso".
Na verdade o Projeto é muito simples, sendo que qualquer cidadão generoso poderá deixar pago um café, uma sandes, uma refeição, portanto qualquer coisa para beber ou comer num estabelecimento aderente, para que alguém que não pode pagar possa pedir.

O momento não poderia infelizmente ser mais oportuno e vosso Projeto TEACH How to Fish vai fazer acontecer em Portugal mas, e como sempre, precisamos da vossa ajuda!

Os cartazes estão prontos a imprimir, A4 ou A3, tal como um bonito autocolante para colocar à porta dos estabelecimentos (fácil de imprimir também em papel autocolante), mais um pequeno bloco de notas aderente.

Depois cada "café ou alimento partilhado" corresponderá a uma letra, e é só colar no cartaz, e depois ir retirando (e guardar para os próximos ) consoante sejam doados.

Agora é necessário pedirem e divulgarem a ideia e conceito nos cafés da vossa zona e explicar todo o processo, e levar depois o cartaz, autocolante e bloco.

É muito simples!

Se conhecerem o espaço mas não tiverem como imprimir o material por favor falem connosco! 

Bondade gera bondade, e temos razões para acreditar que será uma forma de ajudar TODOS, os estabelecimentos e os mais carenciados. 

Todo o material pronto a imprimir aqui:

Poster A4    |   Poster A3   |   Autocolantes

TAKE AWAY SOLIDÁRIO - Faz Acontecer!

Atualmente algumas das Autarquias Portuguesas apoiam financeiramente associações (normalmente as que pertencem agora aos NPISA) para a confeção e distribuição de alimentos junto da população mais carenciadas, indivíduos em situação de sem-abrigo e famílias, com um valor por refeição/pessoa.
Estas associações começaram elas próprias a ter a necessidade de ter um espaço físico e equipado preparado para confeção de alimentos, de adquirirem embalagens e sacos (99.9% continua a ser plástico), e ainda de encontrar mão de obra voluntária para tudo isto.
Parece-nos um enorme desperdício de recursos humanos e financeiros. 
A razão?

Num momento em que a restauração está de rastos e necessita de soluções e apoios (e assumimos o zelo adicional pela pequena restauração, pelos “restaurantes de bairro”), sugiro que as autarquias em coordenação com as freguesias entreguem TODA a confeção a estes estabelecimentos, nem que fossem 10 ou 20 refeições por dia em cada, e a ajuda financeira fosse dada apenas aos RESTAURANTES.
Depois a recolha em cada estabelecimento ficaria então a cargo das associações, que sem fins lucrativos, existem para fazer a distribuição coordenada e darem apoio à comunidade.

Por exemplo: Restaurante XPTO faz 15 refeições por dia para distribuição e cada Associação recolhe nos dias que tem agendados e coordenados ao nível municipal. 

PARCERIAS "3V's"

 

As Parcerias para a Implementação dos Objetivos, sendo parte dos ODS 2030, são para nós a essência da criação e permanência do TEACH How to Fish enquanto Projeto social voluntário.

Acreditamos nas parcerias multissetoriais que mobilizem e partilhem conhecimento, perícia, tecnologia e recursos para apoiar a realização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável .

Desta forma criamos laços com Pessoas, Empresas ou Associações que partilhem desta mesma visão mas sobretudo vontade alcançar resultados em cooperação e através de sinergias. 

Acreditamos numa dinâmica de trabalho focada no "Todos Juntos para os Outros", uma associação de pessoas com vontade, ideias e valências diferentes que respondesse e trabalhasse para uma única empresa ou associação de carácter público,

Uma só Associação Pública composta por todos os agentes necessários ao Desenvolvimento Sustentável, deste coordenadores de Projetos em curso a pessoas dedicadas a Medir o Impacto, contabilistas, advogados, etc. 

Desta forma todos quantos têm uma ideia, uma vontade e sentido de missão centrada nos mais carenciados e vulneráveis poderia dedicar-se a 100% e com todo o foco e amor ao seu propósito. 

Os "3V's" definem uma actuação que sempre torne todos Vencedores, Nós, os Parceiros e sobretudo a Comunidade mais carenciada e vulnerável. 

CIRE Alcochete_THF
Artesimia_THF
pulseiras Linda Raiana_THF
serve the city
serve the city

serve the city
serve the city

1/1

SERVE THE CITY Portugal - Parceria

 

Foi com esta crença e neste âmbito, e por partilharmos de uma visão comum, que temos a enorme alegria e honra de dizer que vamos cooperar com a Serve the City Portugal para quaisquer ações de voluntariado em Portugal (para já em Lisboa, Porto, Oeiras e Coimbra), por forma a dar uma resposta coordenada e a unir esforços e recursos humanos.

Sabemos que o trabalho do voluntário é precioso, e mais do que nunca é necessário unirmos esforços para dar uma resposta conjunta, estruturada e com a enorme experiência e percurso da Serve the City.

Sim, continuam a ser necessários voluntários também para os centros de acolhimento, e toda a segurança é garantida. Mas não só! 

A cada segunda-feira há lugar a uma sessão de esclarecimentos via zoom onde ficarão a conhecer todos os Projetos e como tudo funciona. Para participar basta enviar um simples email para info@servethecity.pt a dizer que gostaria de saber mais informações. 

Cooperar de forma sustentada é a honra que nos compete. Contamos com #TODOS! Será sempre a dar que mais receberemos!

 

Saiba mais » email: http://www.servethecity.pt/  | facebook.com/ServetheCity.pt

USADOS & OUTROS DONATIVOS - Faz Acontecer!

 

É fundamental durante todo o trabalho e caminho a percorrer para o autossustento, que nunca faltem os bens essenciais para a saúde, bem-estar e para garantir a sempre tão comprometida dignidade.

Quando detetamos uma necessidade, seja partilhada por uma associação, seja por uma comunidade, ou quando esta nos chega através de uma pessoa amiga ou simplesmente nos aparece à frente, mesmo à nossa porta, é nosso dever cooperar e arranjar formas de encontrar soluções.

O Projeto TEACH How to Fish para além do trabalho e missões no Camboja,  coopera em qualquer um dos casos ou em outros que detetem em que possamos ser úteis.
Desde a angariação de alimentos, à angariação de vestuário e calçado, ou a permitir um simples corte de cabelo e a sensação de uma barba acabada de fazer, tudo é importante para quem está privado de tudo. 

No inicio da pandemia por exemplo demos um humilde e invisível contributo para cooperar com o NPISA e a Câmara Municipal de Lisboa na angariação e organização dos horários de voluntários para os centros de acolhimento criados na cidade, sugerimos a recolha e lavagem de roupa nos centros para que não se continuassem a deitar fora as roupas todos os dias, e negociámos com a lavandarias industriais para que se realizasse, entre várias outras coisas.

Damos a mão a algumas famílias, comunidades e pessoas, directamente ou através de outros projetos, por forma a conseguirmos mais porque as carências são enormes mas as soluções e oportunidades pela frente também, e sabemos que não existem lideres isolados nem tão pouco heróis e salvadores entre os que têm a enorme bênção e alegria de ter e poder partilhar. 

 

Algumas das coisas que são sempre necessárias em Portugal e fora:

- roupa em segunda-mão (inclui cintos, meias, roupa interior de Verão e Inverno para adulto e de verão para criança)

- calçado

- produtos de higiene

- mobiliário e artigos para a casa » sobretudo para o Projeto É UMA CASA, Lisbon Housing First da CRESCER, no caso concreto de Portugal

- material escolar em bom estado (mochilas, estojo, lápis, canetas, etc)

- donativos para cortes de cabelo / barba ou voluntários para o fazer 

- apoio e aconselhamento médico (clínica geral e medicina dentária)

- formação e material de primeiros socorros

- apoio para a impressão de elementos que sejam necessários para expandir um novo negócio ou comunicar algum Projeto

- donativos e parcerias para a reconstrução e construção de casas, de casas de banho familiares ou melhoria de infraestruturas

- filtros de água individuais e familiares (sendo que os familiares temos sempre de comprar localmente)

- jogos e material desportivo

- apoio extra-escolar 

- apoio à formação e especialização em áreas que possibilitem a aquisição de competências técnicas ou mais especificas nas mais diversas áreas

- oportunidades de emprego

- etc

impressões THF
dentista
IMG_6483
sacos mochila_THF
IMG_5705
thf_sem abrigo
bairro da Torre
infraestruturas THF
thf_sem abrigo 3
IMG_9298